É do conhecimento público que a lei de extinção de Freguesias é da responsabilidade do Governo PSD/CDS, que no caso da Figueira da Foz se saldou pelo desaparecimento das Freguesias de S. Julião, Borda do Campo, Santana e Brenha.
O desaparecimento destas Freguesias contou então, com o apoio do PSD e de uma ramificação do mesmo que se denominava FIGUEIRA 100%.


A sofreguidão de “mostrar trabalho” ao PSD Nacional levou a que nem fosse considerada na proposta aprovada a inclusão do nome das Freguesias então extintas.
A designação de Buarcos para uma extensão territorial Urbana de características geográficas e sociais tão distintas, não colheu a concordância da maioria da população, da Assembleia e Junta de Freguesia de Buarcos, que após várias iniciativas, nomeadamente da CDU, chegou a um consenso para se propor que, até à revogação desta famigerada lei e para que não fosse apagada a identidade das duas Freguesias, se alterasse o nome para: Buarcos e S. Julião mantendo os dois Brasões e as duas Bandeiras.
Tendo sido esta proposta aprovada na Assembleia de Freguesia de 29.12.2014, iria ser enviada para a Assembleia da República e aos vários Grupos Parlamentares.
Qual não foi o espanto, quando tomámos conhecimento que o PSD/CDS rompeu oportunisticamente o consenso gerado, apresentando na Assembleia da República, antes que a proposta da Junta de Freguesia lá chegasse, um projecto de alteração do nome da Freguesia.
Este “Chico espertismo” do PSD Figueirense, ao que consta, protagonizado pelo Sr. Miguel Almeida, visa, na opinião do PCP, branquear as responsabilidades que tiveram na extinção das Freguesias já referidas e como tal, não é, do ponto de vista ético, aceitável. Mais, com esta iniciativa unilateral, foi rompido o consenso conseguido na Assembleia de Freguesia de Buarcos.
O PCP e a CDU reiteram assim uma vez mais, a sua frontal discordância com a actual lei e no quadro de uma nova maioria na Assembleia da República, o PCP compromete-se, mais uma vez, a apresentar um novo Projecto Lei que devolva as Freguesias extintas pelo PSD e CDS, às respectivas populações como julgamos ser essa a sua vontade.
Figueira da Foz 11.02.2015
A Comissão Concelhia da Figueira da Foz do PCP.


PCP Figueira da Foz

«A alegria de viver e lutar vem-nos da profunda convicção de que é justa, empolgante e invencível a causa por que lutamos» Álvaro Cunhal, O Partido com Paredes de Vidro (1985)

PCP Figueira no Facebook